sábado, 22 de outubro de 2011

A visão da linguagem e suas implicações

  O mito bíblico da Torre de Babel
Descreve a passagem de uma situação originária de feliz monoliguismo para a “ confusão das línguas”, para o plurilinguismo.
Num mundo originário e feliz, que o ser humano teria perdido, aos poucos, o mito babélico põe toda a unicidade e a univocidade linguística.
O PLURILINGUISMO É UM DOM.
URSPRACHE – única língua originária, estruturas universais. ( Concepção de  Chomsky)

Nenhum comentário: