domingo, 26 de maio de 2013

Vídeo sobre Variação Linguística apresentado pela turma 1155


Vídeo da apresentação da turma 1155 sobre Variação Linguística:

http://www.youtube.com/watch?v=ggnxkhT4VN0&feature=youtu.be

A Intrepidez dos Poetas e Cordelista do Instituto Sertão PE- Zona Rural no Evento 'Conversas Literárias'

 Conversas Literárias - evento ocorrido no último dia 23 de maio, parte do Projeto Quintas Culturais teve a exposição e leitura dos poemas e cordel dos nossos alunos e alunas os quais possuem textos postados neste blog. 
Segundo o escritor  Bruno Liberal, vencedor do 1º prêmio Pernambuco em Literatura, a coragem  dos participantes garantiu o sucesso do evento e certamente haverá espaço para o desenvolvimento da escrita em nossa Instituição. 
O professor e escritor João Lopes anunciou a realização de um novo concurso literário com categorias distintas para cada campus do IF SERTÃO PE. Será a oportunidade de conhecer outros talentos desta extraordinária Instituição de Ensino. Parabéns, meus jovens! 

Luís Gabriel, aluno Agropecuária - 2º Ano - Ensino Médio

Thiago Ferreira, aluno de Agronomia 

Maiany Coelho - Agropecuária - Ensino Médio - 2º Ano

Robson Carlos - Cordelista - Agropecuária - 2º Ano Ensino Médio

Jeovana Mikaela, Agropecuária - 2º Ano Ensino Médio

Rosângela Carvalho,  Bibliotecária do Instituto Federal com os escritores e alunos

sexta-feira, 24 de maio de 2013

'Conversas Literárias' no Projeto Quintas Culturais do IF Sertão PE - Campus Petrolina Zona Rural

João Lopes, Gracielly e  Bruno Liberal
A poetisa Gracielly Castro, autora de livros, associada à União Brasileira de Escritores (UBE), no Recife; o escritor Bruno Liberal, autor de livros e vencedor do 1° Prêmio Pernambuco de Literatura; e o escritor João Lopes, professor de Artes do IF Sertão-PE participaram ontem, dia 23 do evento Conversas Literárias, parte do Projeto QUINTAS CULTURAIS. Foram dois momentos, pela manhã e à tarde. Após o bate-papo com os convidados ocorreu a leitura e declamação dos poemas produzidos pelos alunos e alunas no mês da poesia,a primeira atividade do Projeto Quintas Culturais. 

Esta foi a grande oportunidade de conhecer mais sobre o processo de criação literária, os desafios encontrados pelos escritores, como acontece a participação em concursos e os novos planos de publicações. 

Vários alunas e alunos, professores, bibliotecária que estiveram presentes também usaram o microfone para participar com perguntas e indagações a respeito dos temas e autores que influenciam as obras. 

Professor Sebastião Amorim - Diretor Geral do Campus Zona Rural na abertura do Evento



quinta-feira, 9 de maio de 2013

FILME " NO TEMPO DAS BORBOLETAS" CAUSA EMOÇÃO E DISCUSSÕES SOBRE A CONQUISTA DE UMA PROFISSÃO PARA A MULHER



A TURMA 4103 assistiu ao filme "No Tempo das Borboletas" com o objetivo de discutir sobre o papel da mulher numa ditadora, o quanto é importante lutar por uma carreira, estudar e apropriar-se do conhecimento. A beleza do filme deixou a turma muito emocionada e com sangue 'quente' diante do sofrimento das irmãs Mirabal. É uma excelente sugestão para os jovens.

Reflexão sobre o filme ” No Tempo das Borboletas”

A história do filme no tempo das borboletas passa na época da ditadura militar, onde quem governava era o general Rafael Leônidas Trujillo. O lema de Trujillo era “ou está comigo ou contra mim”. O filme retrata a história das irmãs Mirabal, Minerva Mirabal que sempre sonhava em ser advogada, só que naquela época só os homens podiam  exercer essa profissão. Depois de algum tempo ela vai com suas irmãs para um colégio de freiras, logo depois Minerva conhece um professor universitário que é contra o regime de Trujillo. O general desperta certo interesse por Minerva, só que a jovem também é contra o regime do ditador. Percebendo isto ele manda prender o pai de Minerva e lhe propõe um acordo que era o seguinte: soltaria o seu pai se ela ganhasse  jogos de dados, mas ela pede para que se ela ganhasse, pudesse estudar na Faculdade de direito. Ela se forma,  mas é impedida pelo General de exercer a profissão. Conhece alguns revolucionários na Faculdade e organiza um grande movimento contra o Ditador. Depois de algum tempo que Minerva e sua irmã terem sido presas e  soltas, elas são espancadas até a morte no dia 25 de novembro de 1960. Seis meses depois o General Trujillo é assassinado. A história das irmãs Mirabal mostra que devemos seguir em frente sempre e que nunca devemos desistir, mesmo que a meta seja quase impossível de conquistar.
Autor:  Evandro Rodrigues
Turma:4103
FICHA TÉCNICA DO FILME:
Diretor: Mariano Barroso
Elenco: Salma Hayek, Marc Anthony, Edward James Olmos, Demián Bichir, Pilar Padilla, Lumi Cavazos, Pedro Armendáriz Jr., Fernando Becerril.
Produção: Helen Barlett, Tony Bill, Mike Medavoy, Craig Roessler.
Roteiro: Judy Klass, David Klass
Fotografia: Xavier Pérez Grobet
Duração: 95 min.
Ano: 2001
País: EUA
Gênero: Romance


POEMA "DOIS MUNDOS"


A escrita de Jeovana Mikaela nos faz refletir sobre a vida!
Dois Mundos
(Jeovana Mikaela)

Às vezes penso que este mundo não existe,
Mas percebo que há tantas coisas inesquecíveis.
Há o sofrimento e o esquecimento,
Não passa de apenas um tormento.
As pessoas sábias sempre souberam disso,
O tormento não é um perigo.
Trata-se de um pequeno e seleto grupo de pessoas,
Que parecem bruxas montadas em suas vassouras.

A vida é pura e ninguém percebe,
Ela é tão linda que todos esquecem.
Preferem viver no mundo da ignorância,
Sem vida, futuro e sem mudanças.
Devemos fluir como a água, e não agir como o vento,
Não ser invisíveis e ignorantes todo o tempo.

Por outro lado, a vida nós dá algo eterno,
Harmonia, compaixão e o amor sincero.
A harmonia está na pureza,
A felicidade é a maior grandeza.

A compaixão vem junto com o perdão,
Será maior ainda se vir do fundo do coração.
O amor não se pode explicar,
É como uma sensação de desejo a beira mar.

Em dois mundos nós vivemos,
No caminho nos perdemos.
No rumo à felicidade nós iremos,
Com muita dificuldade, venceremos.
Vários obstáculos tentaram me parar,
Mas nada funcionou.
Há pessoas que tentam me destruir,
Nem por isso vou desistir.
Vou dá valor a quem me dá valor,
Vou viver a vida sem temor,
Não estamos aqui para agradar as outras pessoas,
Mentindo e sendo gente boa.
A beleza está no amor,
O amor verdadeiro não tem valor.
Ainda tenho esperança,
Que no mundo haja  grandes mudanças.
Que todos joguem no lixo a ignorância,
E deem mais valor à semelhança.

Aluna do Ensino Médio Agropecuária - IF Petrolina Zona Rural

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Poema " O Amor" de Ramon Rodrigues - Ensino Médio :Agropecuária - 2º Ano


  O Amor

Quem me dera o esquecimento, mas é tão difícil amar!
Sinto vontade de chorar, como posso amar
Se não sou correspondido a esse amor bandido
Que emana da minha alma,mas tenho que ir com calma
Tem tudo o que eu sinto por ela: - Que flor bela!
Perfeita e cheirosa, chega a ser graciosa
De uma delicadeza amistosa.

Sua suavidade simples e elegante,
Quando a vejo
E alegria constante nesse céu radiante,
Quando chega a hora de dizer a Deus
Só me resta lembranças desta sua elegância
Que pena que você não dá importância
A essa esperança e a esse grande amor que sinto
Por você.       

Turma: 4103

Fiz esse poema pensando nos acasos da vida, muitas pessoas amam em segredo e não tem coragem para falar, e outras amam e não são correspondidas, por isso que falam  que o amor não é perfeito. Ramon Rodrigues é aluno do Ensino Médio Agropecuária.