quinta-feira, 9 de maio de 2013

POEMA "DOIS MUNDOS"


A escrita de Jeovana Mikaela nos faz refletir sobre a vida!
Dois Mundos
(Jeovana Mikaela)

Às vezes penso que este mundo não existe,
Mas percebo que há tantas coisas inesquecíveis.
Há o sofrimento e o esquecimento,
Não passa de apenas um tormento.
As pessoas sábias sempre souberam disso,
O tormento não é um perigo.
Trata-se de um pequeno e seleto grupo de pessoas,
Que parecem bruxas montadas em suas vassouras.

A vida é pura e ninguém percebe,
Ela é tão linda que todos esquecem.
Preferem viver no mundo da ignorância,
Sem vida, futuro e sem mudanças.
Devemos fluir como a água, e não agir como o vento,
Não ser invisíveis e ignorantes todo o tempo.

Por outro lado, a vida nós dá algo eterno,
Harmonia, compaixão e o amor sincero.
A harmonia está na pureza,
A felicidade é a maior grandeza.

A compaixão vem junto com o perdão,
Será maior ainda se vir do fundo do coração.
O amor não se pode explicar,
É como uma sensação de desejo a beira mar.

Em dois mundos nós vivemos,
No caminho nos perdemos.
No rumo à felicidade nós iremos,
Com muita dificuldade, venceremos.
Vários obstáculos tentaram me parar,
Mas nada funcionou.
Há pessoas que tentam me destruir,
Nem por isso vou desistir.
Vou dá valor a quem me dá valor,
Vou viver a vida sem temor,
Não estamos aqui para agradar as outras pessoas,
Mentindo e sendo gente boa.
A beleza está no amor,
O amor verdadeiro não tem valor.
Ainda tenho esperança,
Que no mundo haja  grandes mudanças.
Que todos joguem no lixo a ignorância,
E deem mais valor à semelhança.

Aluna do Ensino Médio Agropecuária - IF Petrolina Zona Rural

Nenhum comentário: