segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Amor à minha terra (AFRÂNIO)

O Poema "Canção do Exílio" no estudo do 2º ano sobre o ROMANTISMO - Escola Literária - é utilizado como inspiração para as duplas na construção de novos textos.

Minha terra tem caatinga,
Onde o vin-vin canta sem parar;
E as árvores que aqui sombreiam,
Não sombreiam como lá.

Nosso açude tem menos peixes
Nossa terra é devagar,
Mas com tantas dificuldades,
Ainda dá para trabalhar.

Entro em casa e sozinha,
Fico a pensar,
Por que sair da minha terra?
Se hoje sinto saudade de lá.
Na minha terra a vozinha faz doce,
Que doce tão gostoso,
Não consigo encontrar,
Em outro Lugar,
Vou sentir prazer em
Voltar para lá,
Matar a saudade 
do meu lugar.

Todas as noites ao me deitar 
Peço a Deus para não me levar,
Sei que ainda não é a hora,
Ainda preciso desfrutar das coisas
Boas que tem por lá.

Autoras: Maiany Coelho e Sheila Oliveira
        Turma: 4103 - Agropecuária - 2º ANO


3 comentários:

Médio Agropecuária disse...

Lindas e sabidas. Gostei do poema. Beijo pra as duas! Profa. Rafaela

Médio Agropecuária disse...

Gostei, meninas. Parabéns! Profa. Rafaela

Maiany disse...

Obrigada Prof:Rafaela