domingo, 28 de junho de 2015

Vivenciando a Narrativa - Expedição pelo Campus Zona Rural




Estudante de Enologia e Viticultura produz narrativa sobre a expedição de sua turma VE 09 na aula de Língua Portuguesa,   num passeio pelo Instituto Federal Campus Zona Rural de Petrolina - PE

O passeio de sábado

Um dia harmonioso um sábado agradável, um clima totalmente propício a nossa aula de redação cientifica uma aula diferente de todos os outros dias.
     Naquela espera pela nossa professora muitos alunos por ali conversavam entre amigos, outros assistiam TV, uns observavam a movimentação enquanto outros simplesmente saiam em busca de um sinal no celular. Naquele ambiente quieto quase sem movimentação mais afinal era um sábado poucas pessoas estariam ali.
   Em poucos tempo chega nossa professora que logo passa suas orientações, e nós como futuros enólogos bem empolgados prestamos atenção em tudo que ela falava, afinal tínhamos que estar preparados, a estrada era um pouco longa.  Enfim sairmos na caatinga a dentro numa estrada de chão batido, e ali tivemos um contato mais próximo com a natureza, nesse caminho passamos por alguns alojamentos não muitos agradáveis pareciam abandonados, sem ninguém, outros poderiam observar roupas penduradas no varal, um sinal que havia pessoas residindo ali.
  Logo podíamos subir em uma enorme pedra que de cima dava goto de se ver uma exuberante caatinga, uma adorável vista. E seguimos adiante num caminho estreito viemos verdes como podíamos ver plantas em seu estado de dormência, só a espera de uma gota de água para desabrochar. Felizes são as plantas xerófilas que são peculiares ao nosso nordeste, podem sobreviver em meio a seca, e praticamente não perdem seu verde tão belas que enfeitam a nossa caatinga.
  Naquele vento gostoso no balanço das arvores, podíamos avistar muitas plantas verdes, ao mesmo tempo dava para se ver que existia umas sem vidas. Cada uma com suas caraterísticas distintas grandes pequenas folhas largas verdes marrons onde andávamos sempre ouvíamos os belíssimos cantos dos pássaros, o canto da seriema estava ali inconfundível aos nossos ouvidos.
 Seguimos nossa estrada praticamente sem movimentações de pessoas carros, deparamos com criação de porcos onde se chamava a POCILGA, onde aquele cheiro forte se exalava, mesmo assim adentramos para conhecê-los, cada um de vários tamanhos pequenos grandes sendo muito bem cuidados. Seguindo a estrada a dentro passamos por uma lagoa de criação de peixes encantador, dava gosto de se ver a plantações de coco, cana. Me deparei com um lindo pé de Umbuzeiro que é típico de nossa região.
   Mais à frente paramos pois estávamos muitos famintos paramos ao lado de um cajueiro num alojamento do lado de fora. Fizemos nosso pique nique tão esperado. Ali nos interagimos, aproveitamos nossos guloseimas, e fizemos uma linda leitura pratica e objetiva de RUBENS ALVES, no qual o tema era MILHO DE PIPOCA.  Naquele nosso momento harmonioso ouvíamos também um barulho de um motor um pouco distante mas, nada disso atrapalhava aquele momento tão nosso. Saímos em direção de um canal onde passava a água do nosso lindo RIO SÃO FRANCISCO, para alimentar as plantas.  Esse era nosso caminho de volta onde encontramos profissionais e alunos uma inseminação de uma ovelha onde todos tinha curiosidade de ver uma coisa tão nova para nossa turma nunca tinha visto antes.
Logo andando mais adiante encontramos vacas cavalos para completar nossa natureza. Muitos carrapichos grudado em nossas pernas cada espinhos grudentos. Tudo lindo de se ver onde passávamos tirávamos fotos para registrar cada momento interessante de nosso passeio.
 Mais adiante lá estava tudo que nos mais amamos o parreirais de uva mais eram muitos poucas com, umas bagas já podres, outras dava para experimentar, só que seu sabor era muito azedo e travoso. O sol estava bem quente estávamos cansados, deixamos o parreirais fomos embora colocando um fim em nosso passeio, o passeio de sábado da nossa VE09.

Márcia de chapéu preto, autora do texto, nas instalações da pocilga
Márcia dos Santos. VE 09
Profª Antonise e alunos da turma VE 09

Descontração dos alunos durante o passeio pelo Câmpus.

Um comentário:

Unknown disse...

Obrigada Antonise, que bom reler meu texto.https://www.blogger.com/img/blank.gif