terça-feira, 11 de junho de 2019

O TEMA DA CANÇÃO DO EXÍLIO NA PERSPECTIVA SERTANEJA

Revisitando o poema "A Canção do Exílio" de Gonçalves Dias, representante romântico da 1ª Geração,  numa perspectiva sertaneja de elaboração de novos textos com a mesma temática da saudade, do amor pela terra natal. 

Produções escritas em sala de aula no Campus Petrolina Zona Rural pelas turmas de 2º ano - Ensino Médio em Agropecuária.  Aulas de Português da Profª. Antonise Coelho.

1.

Minha terra tem umbuzeiro
Onde nasce umbu-cajá
As plantas que produzem
Não produzem como lá

Nossos campos têm mais serras
Nossas jantas mais cuscuz
Nossos muros têm mais plantas
Nossas vidas têm mais luz

Maquinando de tardezinha
Mas prazer encontro eu lá
Na terra dos umbuzeiros
Onde nasce umbu-cajá

Na minha terra digo "oxente"!
E não preciso lhe explicar,
Se quiser Mesmo Entender
Vamos comigo para 
Na terra dos umbuzeiros
Onde nasce em umbu-cajá.

Aluna: Thamires - Turma 4216

2 comentários:

Ana Luiza disse...

Um lindo Texto, muito criativo e real, dar até vontade de comer o umbu-cajá!

Ana Luiza disse...

Um lindo texto, os substantivos usados como características do lugar transmite a realidade e desperta um desejo no leitor de conhecer essa terra tão fértil e saborosa.