quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

SENTIMENTOS EM TEMPOS DE PANDEMIA - TEMPOS DIFÍCEIS E REFÚGIO

 


 Tempos difíceis 


Nesse tempo de pandemia 

O mundo todo parou 

E vimos que a vida não é brincadeira 

E é necessário solidariedade e amor. 

Por causa do erro de um 

O mundo inteiro pagou 

E o povo que vivia juntinhos 

Devido a isso se distanciou. 

Que saudade de um abraço, 

Da família, dos amigos. 

E hoje o que nos resta 

É uma ligação por vídeo. 

Precisamos ter fé e esperança 

Que tudo vai mudar 

Prevenindo-nos e nos cuidando 

Até a vacina chegar. 


Layane de Freitas Barro


REFÚGIO


Os dias da semana eram minha alegria

Acordar e saber que eu tinha um lugar

Que seria meu refúgio

Que seria um lar.

Dava adeus aliviado mesmo sabendo

Que no fim do dia ele estaria lá.

Acordar não era problema

Uma água no rosto, chinelo quebrado

Às vezes faminta…

Mas com meu caderninho me sentia preparada.

A escola me abraçava

Fazia me sentir amada.

E quando aquele dia chegou,

Disseram-m
e que em casa tenho que ficar.

Meus olhos vêem coisas

Que eu não via quando estava lá,

Mas ainda tenho esperança

que no futuro eu possa voltar.

Um dia eu ouvi

Da televisão do vizinho,

Que nessa pandemia

Haveria aproximação afago e carinho,

Mas é claro que nisso

Eu também estou sozinha.

Andressa Santos



Nenhum comentário: